2008 - Camboja, Vietnã e Laos

Depois de dois anos sem férias, suprema tortura para mim, o destino da viagem de 2008 tinha que ser um lugar especial, esperado há muito tempo. Não foi fácil escolher, porque existem dezenas de destinos esperados há muito tempo na minha lista, mas depois de muitas análises e da coincidência de caírem nas minhas mãos duas revistas com matérias sobre o Camboja e o Vietnã, voilà: a Indochina foi escolhida.

Um ano mais tarde, desembarquei em Bangcoc, após 39 horas e 31 minutos (cronometrados!) de uma viagem extremamente cansativa, para repousar uma noite antes de seguir para o Camboja. Ao longo de 26 dias, foram muitos outros deslocamentos de carro, avião e trem entre cidades e vilas do interior cambojano, vietnamita e laosiano. Siem Reap, Saigon, Hoi An, Hue, Hanói, Sa Pa, Bac Ha, Halong e Luang Prabang foram as principais, mas várias também entraram no roteiro pelo caminho, em passeios diários ou apenas de passagem. Algumas, de tão interessantes ou lindas, não devem ser esquecidas jamais, como Luang Prabang, um paraíso budista, a minha franca favorita em todos os quesitos. Outras serviram apenas para constar no diário de viagem e eu recomendaria apenas a determinados tipos de viajantes, como Saigon, a São Paulo vietnamita, com seu trânsito enlouquecedor, prédios feios e ruas sujas, mas com a melhor coleção de lembranças de guerra do país (algo sensacional para um apaixonado por conflitos, como eu). Entre quase todas, duas características em comum: o calor senegalês, que tornava indispensável um hotel com ar-condicionado, e a simpatia dos asiáticos, que mesmo vivendo em países extremamente pobres, conseguem sorrir o tempo todo e cativar qualquer estrangeiro.

Na volta, um amigo perguntou se essas tinham sido “as férias da minha vida”. Não foram, porque com um mundo tão grande e com apenas 32 anos é difícil ter encontrado as férias da vida. Mas sem dúvida foram férias muito diferentes, daquelas de mudar muita coisa dentro da cabeça.

(Use a barra ao lado para ver fotos, textos e informações sobre esta viagem)