Tailândia

› 23 de outubro de 2009

Bangcoc 40 graus

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Vai derreter...

Ontem, dando uma olhada no meu velho Blue List 2008, do Lonely Planet, descobri que Bangcoc é considerada a cidade mais quente do mundo, segundo a World Meteorological Organization.

A temperatura média anual na capital tailandesa é de 28 graus. Mais: março, abril e maio são os piores meses, com temperatura média de 34 graus e humidade de 90%.

Tem que ser zen para viver nesse calor

Só para lembrar: eu estive lá entre os dias 05 e 08 de abril. O pico do pico, portanto.

Não recomendo a ninguém fazer o mesmo.

- Gabriel Prehn Britto
0 comentários
› 23 de novembro de 2008

República Unesco

Entrar na lista de lugares considerados patrimônios culturais ou naturais da humanidade, elaborada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), é algo cobiçado por muitas cidades e países. Estar ali é a garantia de aumento do fluxo de turistas (e conseqüentemente, de dinheiro) e de verbas para a manutenção do local. Uma boa prova disso é a atual disputa entre Camboja e Tailândia pela posse das ruínas de Preah Vihear, um templo na fronteira entre os dois países, que já tinha sua nacionalidade cambojana discutida pelos tailandeses, mas que ganhou força depois que a Unesco o declarou patrimônio cultural.
A República Tcheca, obviamente, também cobiça ter patrimônios culturais. E nisso ela é muito boa: hoje o país tem 12 áreas na lista da Unesco (para se ter uma idéia, o Brasil tem 18). Cada uma fazendo a sua parte para atrair os quase 7 milhões de turistas que ela recebe a cada ano.
Veja a lista:

- Os jardins e o castelo de Kroměříž;
- O centro histórico de Český Krumlov;
- O centro histórico de Praga;
- O centro histórico de Telč;
- A vila de Holašovice;
- A coluna da santíssima trindade de Olomuc;
- O bairro judeu e a basílica de São Procópio, em Třebíč;
- O centro histórico de Kutná Hora, com a igreja de Santa Bárbara e a catedral de Nossa Senhora de Sedlec;
- A paisagem cultural de Lednice-Valtice;
- O castelo de Litomyšl;
- A igreja de São João Nepomuceno, em Zelená Hora;
- A vila Tugendhat, em Brno.

- Gabriel Prehn Britto
0 comentários