Aeroportos

#Ficadica #Gol #voosinternacionais

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Depois de uma semana retomando a vida, volto para avisar que em breve retomarei também o ritmo normal deste espaço.

Por enquanto, vai uma dica rápida que aprendi ontem, quando voltei de Brasília: segundo a moça da Gol, voos da companhia com número iniciado em 7 são internacionais.

Olha o 7 ali

Ou seja, mesmo que você só queira ir de um cidade brasileira para outra, vai ter que se submeter às regras gringas para bagagem de mão, o que significa restrições à líquidos e pastas na bolsa.

Eu, que fui preparado para não precisar despachar nada, tive que fazer a operação de troca de bagagens para poder embarcar.

Por isso, fique ligado.

De nada.

Fotografia

Meus olhos de férias pelo Brasil

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Eu poderia colocar aqui todas as fotos da viagem de Viajante Opanka pelo Brasil. Mas daí ficaria uma tripa de imagens enorme, dominando o blog de cima a baixo, sem falar que eu demoraria um bom par de horas para subir tudo. Então resolvi fazer diferente e colocar aqui apenas os links para os álbuns que publiquei no meu Flickr.

Para ver as fotos de São Paulo, clique aqui.

Para ver as fotos do Rio de Janeiro, clique aqui.

Para ver as fotos de Barra Grande (BA), clique aqui.

Para ver as fotos de Recife, clique aqui.

E para ver as fotos de Caruaru, clique aqui.

Minha mãe achou todas muito bonitas. Espero que você também ache.

Clima

Não reclame do inverno

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Em homenagem ao inverno que começa hoje, e para você não reclamar da sua cidade, aqui estão as dez capitais mais geladas do mundo, segundo o Skyscanner.

Astana, Casaquistão, -52ºC:

Olha o Borat ali no meio

Ulaanbaatar, Mongólia, -49ºC:

Foto: turbatn - Flickr

Minsk, Belarus, -40ºC:

Foto: AFP/Getty

Ottawa, Canadá, -37ºC:

Reclama de tomar banho de manhã, reclama

Helsinque, Finlândia, -33ºC:

Foto: taivasalla - Flickr

Bucareste, Romênia, -32ºC:

Foto: cod_gabriel - Flickr

Vilnius, Lituânia, -30ºC:

Foto: Darius Petrulaitis - http://foto.petrulaitis.lt

Tallinn, Estônia,-30ºC:

Foto: http://eriti.masendav.net

Nuuk, Groenlândia, -29,5ºC:

Foto: jesper-albrechtsen - Flickr

Varsóvia, Polônia, -29ºC:

AP

Viajante Opanka

Vem comigo

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Depois de pequenos problemas técnicos que me deixaram sem conexão internética com o mundo, apareço aqui para dar uma satisfação e os caminhos para quem quiser seguir o Viajante Opanka enquanto eu não consigo parar para escrever um post decente. Anota aí e não perde.

No Twitter: @opankaoficial@gabebritto

No Flickr: http://www.flickr.com/photos/opankaoficial/

Só para lembrar, a aventura vai até o dia 19 de junho. Fica ligado.

Fotografia

Tá quente, tá frio

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Olha que mapa interessante.

Amarelo = Mais, Roxo = Menos

Ao contrário do que parece, ele não é daqueles que mostra o mundo à noite. É um mapa de calor, que revela onde estão os turistas no mundo inteiro, baseado nos dados publicados no Panorâmio. As cores indicam a concentração de turistas: quanto mais amarelo, mais estrangeiros perambulando pelas ruas com câmeras fotográficas nas mãos (ou mais cartões de memória cheios).

Dá para perceber a larga distância da Europa em relação ao resto do mundo. Chega a ser constrangedor.

Trabalho sensacional da Bluemoon, que chegou até mim pelo Dex, leitor da JWT Intelligence.

Guias

Futebol, uma caixinha de viagens

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Depois de uma semana em campanha feroz (e às vezes sendo chato, eu sei, desculpe), volto à programação normal deste blog enquanto preparo as malas para partir pelo Brasil como Viajante Opanka.

Volto para dar uma dica que, aparentemente, não tem nada a ver com turismo, mas tem - e muito.

Não sou ligado em futebol. Se você perguntar a escalação do meu time, só conseguirei dizer o nome do goleiro. Sobre a Seleção Brasileira, só lembro das camisas espalhafatosas do Dunga e sei que o tal de Ganso e o Neymar não foram convocados, gerando dúvidas sobre a capacidade intelectual do treinador e um monte de opiniões nada respeitosas sobre a senhora mãe dele.

Mesmo assim, não pensei duas vezes antes de comprar o livro A Copa Que Interessa, da editora Dublinense.

A Copa Que Interessa

Eu sabia que algo escrito pelo genial Eduardo Menezes seria bom até mesmo se o assunto fosse futebol. Logo, foi uma belíssima surpresa descobrir que o futebol é apenas o fio condutor de um livro que fala muito mais sobre história, cultura e curiosidades dos 32 países participantes do campeonato da Fifa.

Sabia que os australianos praticam um esporte que mistura boxe com xadrez?

Chess Boxing

Que metade da seleção da Argélia é formada por filhos de imigrantes argelinos nascidos na França, em um movimento de migração contrário ao que normalmente ocorre nas relações entre colonizadores e colonizados?

Argelinos

Sabia que existem 260 etnias, 520 línguas e pelo menos 10 religiões populares na Nigéria?

Não sei em você, mas, em mim, informações deste tipo acendem aquela vontade de visitar um lugar. Como não querer conhecer um povo tão ingênuo como o ganês, que caiu num boato à la Guerra dos Mundos (de Orson Welles) em pleno século XXI?

Gana de ganhar

É realmente A Copa Que Interessa. Pelo menos para quem gosta de viajar.