Crianças

Traveler Nanny

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

No meio das pesquisas sobre criatividade e viagem, encontrei um blog sensacional para viajantes com filhos.

Ao contrário do que deve ter vindo a sua cabeça, não é mais um blog de pais contando como viajam com seus rebentos. É melhor. É sob outro ponto de vista interessantíssimo: o de uma babá, Elizabeth, que cuida de um menino, Charles, cujos pais vivem viajando. E ela e seu pequeno cliente vão junto.

O nome é Tot ‘n Tow, definido por sua autora como “histórias e dicas para famílias viajantes modernas”.

Entre tantas ideias ótimas, uma me chamou a atenção pela simplicidade e pela beleza.

Ao longo de uma viagem para Milão, Paris e Amsterdã, Elizabeth pediu para que Charles desenhasse, em uma única folha, as coisas que ele mais gostou em cada dia. O resultado foi esse aqui:

Acho que aquilo lá em cima é a Torre Eiffel

Obviamente, o desenho não faz sentido algum para um adulto calejado pela vida e que simplesmente olha para ele no meio do trabalho. Mas não tenho dúvidas de que o Charles vai adorar ver isso quando crescer e, quem sabe, virar um viajante.

Recomendo também a seção Small Thoughts, onde Elizabeth conta as melhores frases que escutou na sua vida de babá.

“Eu sinto que a vida era muito mais fácil quando eu tinha 3 anos”, dito por uma criança de 5, é impagável.

Aeroportos

Futricando no You Tube e aprendendo

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Acabei de aprender que malas de zíper não são nem um pouco seguras.

Pet

O bicho de estimação do viajante

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Bichinhos de estimação são bonitinhos, queridinhos, fofinhos e ótimos companheirinhos. Mas são um porrezinho quando o dono quer sair de férias para bem longe por um bom tempo.

Por mais que o bichinho dê retorno em afeto, é sempre chato ter que procurar um hotel para ele, apurrinhar alguém para cuidá-lo, et cétera e tal.

Pois agora as coisas mudaram. A Sony inventou o Eye Pet. O bicho de estimação perfeito para viajantes inveterados. Dá uma olhada:

Não é lindinho, engraçadinho e meiguinho? Pois é. E quando você viajar, é só apertar no botãozinho, desligar da tomadinha e embarcar sem preocupaçãozinha.

(Dica do @rafasbr)

Burocracia

As lições dos Griswolds*

(Atenção: este blog foi aposentado. No lugar dele, surgiu o Gabriel Quer Viajar. Vá lá. É muito mais bonito e tal.)

Em meio a tantos terremotos, maremotos (a.k.a. tsunami) e coisa e tal, pesquei rapidamente algumas dicas para os viajantes que são surpreendidos por alguma catástrofe natural no meio das férias.

Férias Frustradas, um clássico

Em palavras do Ministério das Relações Exteriores:

“Em situações inesperadas, como desastres, catástrofes naturais, atentados, conflitos armados e revoluções, é de grande importância que o nacional entre em contato o mais cedo possível com autoridades consulares brasileiras a fim de solicitar orientação. É importante lembrar, entretanto, que nem os Consulados nem as Embaixadas do Brasil poderão alojar em seu interior cidadãos brasileiros.”

Em palavras compiladas pela internet, para antes de viajar:

“Faça uma pesquisa aprofundada sobre o país para o qual está indo - descubra alertas de viagem, problemas de segurança, acesso à Internet, informação sobre moeda e câmbio e leis e costumes locais.

“Deixe uma cópia do seu plano de viagem com algum familiar. Isso pode ajudar pessoas a encontrá-lo na ocorrência de uma emergência ou crise durante sua viagem.”

“Faça um seguro viagem internacional, para o caso de necessitar de cuidados médicos lá fora.”

Em palavras minhas:

-Não tente se virar sozinho nem tente bancar o machão. Você é forasteiro e não conhece lhufas por ali. Siga as instruções do hotel e/ou das autoridades.

- De qualquer maneira, pense que, se você sair vivo, aquilo vai ser uma experiência única. Viajar é bom até quando dá errado.

*NOTA: Não sabe quem são os Griswolds? Clique aqui e lembre.